• RE9 Marketing Digital

Marketing Sensorial: Como Explorar os Sentidos no Ambiente Digital?

O marketing sensorial é mais do que uma tendência. É o futuro para proporcionar uma experiência completa ao consumidor em todos os sentidos. Saiba mais! [...]

Marketing sensorial ou marketing de experiência é um dos braços estratégicos da área com mais potencial para impactar as pessoas melhorar a experiência do consumidor de forma agradável.

Quem nunca entrou em alguma loja física e foi contagiado pelo aroma, pela experiência com o som ambiente do local ou por alguma outra ação que despertou os sentidos e fez com que a decisão de compra fosse influenciada?

Como o próprio nome do conceito diz, marketing sensorial é a arte de despertar as sensações que podem mexer com as percepções do consumidor, aumentando assim a vontade de permanecer em lugar, testar um produto ou comprar mais.

No ambiente físico, os sentidos do tato e olfato podem ser melhor explorados, claro. Mas a tecnologia pode contribuir com isso e neste artigo, a equipe da RE9 separou vários exemplos para te explicar o porquê!


O que é marketing sensorial?


Marketing sensorial é uma área do marketing que tem como finalidade estimular os cinco sentidos de uma pessoa. São eles:

  • Paladar;

  • Olfato;

  • Visão;

  • Audição;

  • Tato.

Enquanto empresas do ramo alimentício podem trabalhar com degustação para instigar o cliente a experimentar um produto, perfumarias podem explorar ações que façam com que a pessoa sinta os odores de forma mais agradável e assim por diante.

Essencialmente, a missão do marketing sensorial é encantar e mostrar, por meio das estratégias que forem construídas pela sua marca o que seu produto ou serviço pode oferecer de melhor, sem tantas palavras, mas sim experiências!

É preciso considerar que o comportamento geral do consumidor pode ser diferente do comportamento do indivíduo. Isso porque estimular os sentidos pode trazer sensações diferentes para cada pessoa.

Para esclarecer um pouco mais de cada ação, separamos alguns tópicos abaixo explicando cada sentido. Confira!


1. Olfato

Ative seu modo consumidor por um momento. Você já ficou com vontade de comer uma pizza ou entrar em uma padaria simplesmente por sentir um cheiro gostoso?

Sem dúvidas, o olfato é um sentido que pode ser muito explorado e ajudar o seu cliente a lembrar do seu negócio de forma muito característica. O cheiro é algo que remete às lembranças, às sensações, às vivências e às experiências. Portanto, use isso a seu favor.

Antes de colocar uma ação em prática, é importante entender o branding sensorial da sua marca. Isto é: se um produto ou ambiente tem um aroma, todos os locais também precisam seguir esse padrão.


Um exemplo marcante neste tipo de marketing sensorial é da  empresa norte-americana Dunkin’ Donuts — especializada em rosquinhas e café. Após instalar um dispensador com o cheiro do café em vários ônibus na capital da Coreia do Sul, a empresa ficou conhecida por ser um case de sucesso.

Imagine que o aroma surgia toda vez que um anúncio da marca tocava na rádio dos ônibus. O resultado? Um aumento de quase 30% nas vendas e uma memória inesquecível para os passageiros!


2. Paladar

 Lanchonetes, pizzarias, restaurantes, cafés e empreendimentos de gastronomia sabem o quanto é importante despertar o desejo de comer para que qualquer prato faça sentido.


Tudo começa com a visão, pois como diz o ditado: primeiro comemos com os olhos. Mas experimentar uma amostra de um prato é a forma mais objetiva e deliciosa de fisgar seu cliente. 

Além dos tradicionais pontos de venda, a estratégia do paladar pode ser usada por negócios de outros ramos também para que o cliente tenha uma boa experiência. São ações estratégicas neste sentido:

  • Oferecer petiscos aos clientes;

  • Servir água e café;

  • Disponibilizar chás e bolachas.

 Quem não gosta de ser bem atendido, não é mesmo?


3. Visão

No ditado popular, uma imagem vale mais do que mil palavras. No marketing sensorial, a visão é um sentido que pode ser um divisor de águas na decisão de compra do cliente, tanto em uma experiência física quanto no ambiente digital.

Vamos usar o exemplo das redes sociais, abordando a rede social com mais potencial imagético no momento: o Instagram. Não importa se você tem uma hamburgueria ou vende sapatos: é essencial pensar na composição de cada fotografia para construir um feed que será amor à primeira vista!

As imagens podem despertar várias sensações, como:

  • Percepção de organização, harmonia;

  • Desejos (sobretudo quando se trata de uma refeição);

  • Impressões positivas sobre a qualidade do produto ou marca;

  • Visão real sobre o produto.

 Vale lembrar que para alcançar bons resultados, é importante que a produção fotográfica esteja aliada não só à visão do marketing sensorial, como também a outros fatores.

Basicamente são: psicologia das cores, a harmonia com a identidade visual da marca e à uma boa composição a partir de elementos como iluminação do ambiente, composição de produto, recorte da foto, entre outros.


4. Tato

No meio digital, é um pouco desafiador imaginar na exploração do tato. Já que o consumidor precisa sentir, tocar e experimentar o produto ou serviço para ter uma experiência completa de marketing sensorial.

Textura, composição, qualidade, maciez. Todas essas sensações podem ser sentidas a partir do tato. Portanto, investir na qualidade do seu produto e convidar o cliente para ter essa experiência mais próxima é sucesso na certa!


5. Audição

Como falar de marketing sensorial sem citar a audição? O som pode despertar vários efeitos positivos. 

Dos supermercados que aderem rádios internas às marcas como a Pandora (uma das empresas mais famosas do mundo com especialidade em jóias de luxo) que decidiu fazer uma pesquisa de branding para montar uma playlist para seus clientes com o objetivo de encantar e conectar as pessoas aos ideais da marca, há muita coisa que pode ser explorada.


O legal é que além das lojas físicas, o recurso do áudio pode ser muito útil no marketing sensorial aplicado ao ambiente digital.


Como aplicar o marketing sensorial nos ambientes digitais?


Agora que você sabe um pouco mais sobre a função dos cinco sentidos na experiência do consumidor, é normal ter dúvidas em como tudo isso se aplica aos ambientes digitais.

Afinal, é possível fazer marketing sensorial na internet? Como o consumidor terá uma experiência diferenciada em um e-commerce? De que forma encantar o cliente, na prática a partir dessas inspirações?


Certamente o desafio é muito maior quando seu público não consegue sentir ou trocar o produto. Mas algumas ações práticas podem ajudar e muito neste processo. Olha só:

  • Faça descrições detalhadas sobre o produto, com textos elaborados e criativos que consigam fazer o cliente imaginar a experiência;

  • Invista no sentido da visão. Imagens bem produzidas e vídeos que tragam o produto em suas melhores condições e ângulos também podem estimular a compra;

  • Considere a experiência do usuário. O e-commerce precisa ter um carregamento rápido, a facilidade de compra e pagamento é essencial  e o layout precisa ser construído a partir do branding visual da empresa;

  • Aposte em atendimento humanizado. A pessoa pode não ouvir a voz do atendente, mas ela precisa ser cativada e se for o caso, recursos de voz podem ser acionados sim. O cliente vem em primeiro lugar, sempre.

Os benefícios do marketing sensorial


Mais do que uma tendência, o marketing sensorial é uma necessidade. Proporcionar uma  experiência incrível ao o consumidor é o centro de qualquer estratégia bem sucedida. Não é por acaso que atualmente, há um nicho específico para pensar essa relação: o Customer Experience.

Quando um cliente tem uma boa experiência com a sua marca, isso pode chegar ao ouvido de outras pessoas e o mesmo pode ocorrer caso as ações de marketing sensorial ou quaisquer outras sejam mal aplicadas.

Ao entender o consumidor como uma pessoa que tem emoções, necessidades físicas, desejos, sonhos e ideais, você pode trazer vários benefícios do marketing sensorial à rotina da sua empresa. Listamos alguns:

  • Desenvolvimento de uma conexão emocional com o cliente;

  • Proximidade com as pessoas;

  • Fidelização do cliente;

  • Reforço positivo do branding da marca;

  • Criação de vínculos com os consumidores e muito mais!

Com tantas informações sobre marketing sensorial, no meio físico ou no digital, esse pode ser um ótimo momento para rever sua estratégia e alavancar a sua marca, concorda?

Uma empresa não precisa apenas existir no meio digital ou físico. É preciso ter uma integração de tudo isso para que ela seja lembrada na vida das pessoas que vão ser clientes fiéis e falar bem da marca. Hora de colocar o aprendizado em prática!


Quer saber quais são as melhores estratégias para explorar o marketing sensorial na sua marca ? Converse com os especialistas da RE9!


Conte Conosco 😉


#re9digital #marketingdigital #tendenciasdemarketing #marketing2021 #segurança #mktdigital #landingpage #seo #design #designer #re9digital #ferramentasdemarketing #empresario #empreendedor #negocios #aumentodevendas #redessociais #googleads #economia #marketing #internet #coronavirus #covid

6 visualizações
  • Instagram Renove Marketing
  • Facebook Renove Marketing

11   4129-4690

11 97033-0089

Rua Jurubatuba, 1.350 - Sala 212
Centro - São Bernardo do Campo - SP

© 2020 Feito por Nós Mesmos  : )  Todos os Direitos Reservados

WhatsApp RE9